Pétala Acetinada

Tu és a pétala acetinada,
das flores mais sutis do meu jardim!
Os olores rescendem para mim
o mais doce perfume da balada!

Se vem a Primavera, em florada,
com tufos de arbustos, em cetim,
que me envolvem, sensíveis, enfim…,
transfundem-me o teu odor, amada!

Assim, meu amor, a pétala translúcida
e que contigo muito se parece,
não consigo, por isso, desfolhá-la!

É assim que, com mais pura e lúcida
fé, rogo que a rosa, que fenece,
amar-te eu consiga sem faná-la!

Poesia: Dr. Weimar Muniz de Oliveira
Imagem: Volodymyr Tokar (Unsplash)

Weimar Muniz de Oliveira
Últimos posts por Weimar Muniz de Oliveira (exibir todos)