Rogativa

Rogativa

Senhor, permiti-me dizer que eu vos amo,
apesar de minha mais ampla pequenez,
por tantas dádivas e muitas bênçãos, tantas,
que não posso nomeá-las de uma vez?!

A luz de Vossa presença, que não reclamo,
de Vos Ser, que não há dúvida  nem talvez,
pois como explicar-se, da Natura, quantas
coisas, e o Universo que se não fez?!

Vós, que nos tendes com o mais terno amor,
inobstante nosso orgulho, teimosia,
outorgastes-nos a mais franca fidalguia,

e também,  com a proteção de um mentor,
que nos orienta, nos inspira, nos vigia,
desde que com ele em plena sintonia!…

Goiânia, 12 de junho de 2020

Weimar Muniz de Oliveira
Últimos posts por Weimar Muniz de Oliveira (exibir todos)

Deixe um comentário